Governo autoriza CMN a alterar meta de inflação

O governo está autorizando o Conselho Monetário Nacional a alterar a meta de inflação para 2004. O decreto foi publicado hoje no Diário Oficial da União. O Conselho Monetário reúne-se hoje, a partir das 14h30. A meta de 2004, fixada em junho de 2002, é de 3,75%, com intervalo de dois pontos poncentuais para cima e dois pontos poncentuais para baixo. Pelo decreto que criou o sistema de metas de inflação, ficou estabelecido que os valores fixados para 2002 e anos seguintes deveriam ser estabelecidos até 30 de junho "de cada segundo ano imediatamente anterior". A meta de 2004 já havia sido fixada em junho do ano passado. Por isso para haver uma alteração é necessário um decreto presidencial autorizando nova mudança. A tendência é que o CMN assuma como meta oficial a atual meta ajustada de 5,5%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.