Governo avalia redução de alíquota para ações, diz Magliano

O presidente da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), Raymundo Magliano Filho, informou que o Ministério da Fazenda vai constituir a pedido da Bovespa um grupo de estudos para analisar a redução do Imposto de Renda incidente sobre os investimentos em ações. Magliano defende além do corte na alíquota do Imposto de Renda de 20% para 10% a necessidade do governo federal manter, quando for aprovada a prorrogação da CPMF, a isenção nas operações de compra e venda de ações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.