coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Governo avalia risco de aftosa voltar

O Ministério da Agricultura tenta definir hoje e amanhã, em Salvador (BA), um acordo com representantes dos governos da Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia para afastar os riscos de a febre aftosa entrar em território brasileiro pelas fronteiras com esses países e prejudicar as perspectivas de exportação de mais de US$ 1,2 bilhão em carne bovina neste ano. As estratégias de prevenção serão discutidas na 29.ª Reunião da Comissão Sul-Americana de Combate à Febre Aftosa (Cosalfa), na capital baiana, entre representantes governamentais e empresariais do Brasil e de mais dez países: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Venezuela e Uruguai. Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.