Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Governo brasileiro doará ao Paraguai vacinas contra aftosa

O presidente Fernando Henrique Cardoso autorizou hoje, por meio da Medida Provisória número 78, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, a doação de vacinas e equipamentos indispensáveis ao combate à febre aftosa no Paraguai. A doação de vacinas, segundo a MP, fica autorizada em casos de "comprovada iminência de risco sanitário para a pecuária brasileira".A oferta das vacinas pelo governo brasileiro, faz parte de um acordo de cooperação com o governo do país vizinho para evitar o ingresso de febre aftosa no Brasil. Testes realizados pelo Centro Panamericano de Febre Aftosa (Panaftosa) há três semanas, confirmaram a existência de foco de aftosa na província paraguaia de Canindeyú.Na semana passada, o ministro da Agricultura do Paraguai, Darío Baungarten, esteve em Brasília para tratar do assunto com o ministro Pratini de Moraes. Na ocasião, Pratini ofereceu vacinas e assessoria técnica para combater a doença. A fronteira entre o Brasil e o Paraguai encontra-se fechada desde o dia 23 de setembro, quando ocorreram as primeiras suspeitas de aftosa. Em decorrência da medida estão proibidos de ingressar no Brasil animais vivos suscetíveis à doença, produtos e subprodutos de origem animal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.