seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Governo brasileiro pede liberação da carne de SC aos russos

Os dois veterinários russos que avaliaram as ações adotadas pelo governo brasileiro para conter os focos de febre aftosa diagnosticados no ano passado no Mato Grosso do Sul e Paraná concluíram a visita ao País na segunda-feira. Os técnicos estiveram na sede do Panaftosa e conheceram os laboratórios para fabricação de vacinas e também os kits usados para detecção de doenças em animais. Durante reunião final realizada no local, o governo brasileiro pediu aos russos a liberação do comércio de carnes de Santa Catarina. As vendas estão suspensas desde o ano passado, quando foram diagnosticados casos de aftosa no Mato Grosso do Sul e no Paraná. Além de Santa Catarina, outros sete estados foram proibidos de vender produto para a Rússia. Em abril, Moscou retomou as importações de carne fornecida pelo Rio Grande do Sul e, na semana passada, anunciou a retomada das compras de produto fornecido pelo Mato Grosso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.