Governo central economizou acima da meta em 2005

O superávit primário do governo central (arrecadação menos as despesas) em 2005 foi de R$ 52,488 bilhões, o equivalente a 2,72% do PIB. O resultado ficou R$ 6,148 bilhões acima da meta de R$ 46,34 bilhões estabelecida para o ano. Mesmo fazendo um déficit de R$ 4,118 bilhões em dezembro, o governo não conseguiu consumir a gordura financeira que tinha acumulado ao longo do ano.Em 2004, o saldo foi positivo em R$ 49,368 bilhões, que correspondia, à época, a 2,79% do PIB. Em dezembro, o governo central registrou déficit primário de R$ 4,118 bilhões, ante superávit de R$ 1,278 bilhão em novembro. Em 2005, o Tesouro Nacional apresentou superávit de R$ 90,376 bilhões. Em 2004, o resultado havia sido positivo em R$ 81,690 bilhões.A Previdência Social, por sua vez, registrou déficit de R$ 37,576 bilhões em 2005 ante R$ 31,985 bilhões em 2004. O Banco Central registrou déficit de R$ 312 milhões no ano passado, resultado pouco melhor do que o déficit de R$ 336 milhões no ano anterior.O serviço da Agência Estado AE-Projeções mostrava expectativa de déficit do governo central em dezembro de R$ 2,257 bilhões a R$ 6,7 bilhões. A mediana estava em R$ 4,3 bilhões. O resultado de dezembro ficou um pouco abaixo da mediana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.