Governo central tem superávit de R$ 4,145 bilhões em março

As contas do governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) registraram em março um superávit primário de R$ 4,145 bilhões. Contribuiu para esse resultado o superávit primário de R$ 5,656 bilhões das contas do Tesouro Nacional. Por outro lado, as contas da Previdência Social tiveram um déficit primário em março de R$ 1,497 bilhões. E o Banco Central teve déficit de R$ 13,6 milhões.No acumulado do ano, de janeiro a março, as contas do governo central já registram superávit primário de R$ 15,135 bilhões, o equivalente a 4,14% do PIB. NO mesmo período do ano passado, o superávit das contas do governo central correspondia a 3,57% do PIB ou R$ 10,551 bilhões. O resultado do primeiro trimestre, portanto, é superior R$ 4,6 bilhões (ou 43,4%) ao obtido em igual período de 2002.Em março de 2002, o governo central registrou superávit de R$ 1,998 bilhão, bem menor do que o obtido no mesmo mês deste ano. O resultado das contas do governo central em março deste ano também é melhor do que o superávit obtido em fevereiro, que foi de R$ 3,994 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.