Governo colombiano baixará previsão para PIB de 2015 por queda no preço do petróleo

O governo colombiano revisará para baixo sua previsão de crescimento econômico no próximo ano pela queda dos preços internacionais do petróleo, o que também poderá forçar uma redução nos gastos fiscais, disse neste sábado à Reuters o ministro das Finanças do país.

FELI, REUTERS

06 Dezembro 2014 | 17h57

O governo estabeleceu como meta para 2015 de uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 4,8 por cento, superior ao patamar de 4,7 por cento fixado para este ano.

"Certamente vamos baixar um pouco os 4,8 por cento (da meta) que temos neste momento, porque, obviamente, o cenário de preços do petróleo é menor", disse Mauricio Cárdenas em uma breve entrevista, à margem de um fórum econômico em Santiago.

O petróleo, que representa cerca de 6 por cento do PIB da Colômbia, caiu acentuadamente nas últimas semanas, atingindo na sexta-feira sua menor cotação em Nova York desde julho de 2009.

Mais conteúdo sobre:
MACROPIBCOLOMBIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.