finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Governo da Alemanha não exclui adiar cúpula da UE

Segundo jornal, há discordâncias sobre como alavancar o fundo de resgate europeu 

Álvaro Campos, da Agência Estado,

20 de outubro de 2011 | 11h55

FRANKFURT - O jornal alemão Die Welt noticiou nesta quinta-feira, 20, que o governo da Alemanha pode adiar a reunião de cúpula da União Europeia marcada para este domingo, devido a discordâncias sobre como alavancar a Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês).

Segundo a publicação, fontes próximas à coalizão de governo da Alemanha afirmam que um adiamento do encontro não pode ser descartado. Mais cedo, os legisladores alemães foram informados sobre as novas diretrizes para a EFSF, após a ampliação da linha, aprovada recentemente pelos Parlamentos dos 17 países da zona do euro.

Mas essas diretrizes não especificam como o fundo de resgate seria alavancado. Agora, de acordo com o Die Welt, tanto os políticos da base governista como da oposição estão querendo que o Parlamento analise novamente a EFSF, antes da cúpula da UE. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.