Paulo Whitaker/Reuters - 13/3/2018
Paulo Whitaker/Reuters - 13/3/2018

Governo dá bons sinais sobre reformas e independência do BC, diz Lazari

Octávio de Lazari, presidente do Bradesco, avaliou que o comando da Câmara não é uma preocupação no momento

Eduardo Rodrigues, Adriana Fernandes, Idiana Tomazelli e Lorenna Rodrigues, O Estado de S. Paulo

02 de janeiro de 2019 | 15h05

O presidente do Bradesco, Octávio de Lazari, disse há pouco que a expectativa do setor financeiro e bancário com o governo de Jair Bolsonaro é positiva e disse esperar que a equipe do novo ministro da Economia, Paulo Guedes, consiga implementar reformas importantes como a da Previdência, Tributária e independência formal do Banco Central.

"Temos uma expectativa positiva também devido as boas escolhas para os ministérios e secretarias do governo. Tenho viajado pelo País e diversos empresários já tiraram projetos da gaveta e colocaram sobre a mesa" disse Lazari ao chegar a cerimônia de transmissão de cargo de Paulo Guedes.

Perguntado se o apoio do PSL a reeleição de Rodrigo Maia para a presidência da Câmara dos Deputados pode ajudar na votação das reformas, Lazari avaliou que o comando da casa não é uma preocupação no momento. "Isso não preocupa porque tenho certeza que o governo irá escolher bem os seus líderes no Congresso", acrescentou.

Sobre o fato de o novo governo ainda não ter apresentado propostas concretas para os principais temas econômicos, Lazari avaliou que esses projetos devem aparecer a partir de agora. "Tenho certeza que as propostas mais concretas serão apresentadas agora. Tenho a convicção de que o governo fará as coisas acontecerem", avaliou. "O setor bancário e financeiro está apoiando governo", concluiu. 

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.