Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Governo de SP deve obter R$ 6,6 bi com venda da Cesp

Em leilão de privatização , serão alienadas 113,171 milhões de ações, entre ordinárias e preferenciais

Wellington Bahnemann, da Agência Estado,

20 de fevereiro de 2008 | 15h52

Com a definição do preço mínimo de R$ 49,75 por ação para o processo de privatização da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), o governo do Estado de São Paulo prevê que irá arrecadar, no mínimo, R$ 6,6 bilhões com a venda da estatal paulista, informou nesta quarta-feira, 20, a Secretaria da Fazenda. De acordo com as informações, serão alienadas 113,171 milhões de ações, entre ordinárias e preferenciais, no leilão de privatização da Cesp. O Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização (PED) aprovou esta semana a venda das participações acionárias detidas pela Fazenda paulista, pela Dersa, pelo Metrô, pela Companhia Paulista de Parcerias (CPP) e pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) na estatal paulista. O leilão de privatização da Cesp, quarta maior geradora do País, com 7,455 mil megawatts (MW) de potência instalada e seis hidrelétricas, está marcado para o dia 26 de março. Na próxima segunda-feira (dia 25), está prevista a publicação do edital de privatização da companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
Cesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.