Governo de SP proíbe participação de animais em feiras

O governo paulista anunciou hoje que está proibida, por tempo indeterminado, a participação e a concentração de animais suscetíveis à febre aftosa em feiras, leilões e rodeios no Estado, a partir de amanhã. Os eventos que estão em vigor serão monitorados até o final pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura. A suspensão da medida também caberá aos técnicos da CDA.De acordo com informações da Secretaria de Agricultura, os eventos poderão ocorrer desde que não haja a participação dos animais suscetíveis à aftosa. Assim, por exemplo, os rodeios poderão ser realizados com eqüinos.O governo do Estado autorizou ainda a antecipação para amanhã do começo da segunda etapa de vacinação contra febre aftosa no Estado, que deveria começar apenas em 1º de novembro. O final da campanha será no dia 30 do próximo mês, como previsto. Há quase 10 anos, São Paulo, que responde por 70% das exportações de carne bovina do País, não registra nenhum foco da doença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.