Governo de SP vai lançar plano de ações para a indústria

O governo de São Paulo deve colocar em prática, até o fim deste primeiro semestre, um plano de ações para elevar a competitividade da indústria paulista. Segundo o secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Luciano Almeida, entre os dias 18 e 22 de fevereiro, os empresários conhecerão as conclusões de um estudo sobre 26 setores da economia paulista, a partir do qual serão debatidas, com o setor privado, propostas públicas do Estado de São Paulo com vistas a elevar a capacidade de competir da indústria local.O estudo foi coordenado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) de São Paulo e apresenta o diagnóstico dos setores aeronáutico, de bebidas, têxtil-vestuário, de cimento, fármaco-medicamentos, de componentes eletrônicos, fotônica, equipamentos médicos, veículos leves, veículos pesados, autopeças, sucroalcooleiro, petroquímica, defensivos agrícolas, transformadores plásticos, petróleo e gás, cítricos, carne bovina, couro/calçados, máquinas/ferramentas, implementos agrícolas, bens de capital para o setor elétrico, informática, software, telequipamentos e telecomunicações.O estudo será apresentado aos empresários a partir do dia 18 na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo no evento "Uma Agenda de Competitividade para a Indústria Paulista: Oportunidades de Desafios".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.