Governo define importação de trigo dos EUA neste ano

O governo brasileiro deve concluir até o final do ano um estudo sobre a viabilidade técnica para a importação de trigo de algumas regiões dos Estados Unidos. A informação é do secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Célio Porto. Segundo ele, o Brasil não compra o cereal produzido em algumas regiões americanas devido à infestação por determinadas pragas. Além disso, não é autorizada a compra de algumas variedades de trigo local. Mesmo diante da oferta reduzida no mercado interno e da conseqüente alta dos preços, depois que a Argentina suspendeu as vendas para o Brasil, Porto disse que o estudo não será agilizado. "Não vamos passar por cima de questões técnicas por conta de problemas de mercado", afirmou, após reunir-se com o subsecretário de programas agrícolas e assuntos internacionais do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), Mike Keenum. A idéia do governo brasileiro é acabar com as restrições por variedade e definir por meio do estudo de viabilidade se seriam mantidas as restrições por área ou se elas seriam eliminadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.