Evaristo Sá/AFP
Evaristo Sá/AFP

Governo deve anunciar ainda hoje mudança na meta fiscal

Previsão de rombo nas contas públicas deve aumentar em R$ 20 bi, passando de R$ 139 bi para R$ 159 bi

Lorenna Rodrigues, O Estado de S.Paulo

10 Agosto 2017 | 11h33

BRASÍLIA - O governo deverá anunciar ainda hoje a mudança da meta de resultado primário de 2017, de acordo com fonte ouvida pela reportagem. A meta fiscal deverá passar de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões, conforme antecipou o Estadão/Broadcast na semana passada. O resultado seria o mesmo registrado em 2016.

A meta fiscal para o ano que vem também deve ser revisada. Assim como a meta de 2017, o número a ser perseguido em 2018 deverá ser ampliado em R$ 20 bilhões e passará a ser um déficit de R$ 149 bilhões.

Com a frustração de receitas como da repatriação e do Refis e a arrecadação ainda incerta de concessões e leilões, ficou muito difícil para o governo cumprir a meta estipulada para este ano.

Havia uma discussão dentro da equipe econômica sobre o "timing" para a elevação da meta. O temor é que uma mudança agora passe um sinal de afrouxamento tanto para os órgãos públicos quanto para o Congresso Nacional. 

Às 11h30, o presidente Michel Temer marcou uma reunião com vários ministros, entre eles o da Fazenda, Henrique Meirelles, e o do Planejamento, Dyogo Oliveira, com os presidentes do Senado, Eunício Oliveira, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, além de líderes do Congresso Nacional, onde o assunto deve ser discutido.

 

Loading...

Loading...

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.