Governo diz que China ofereceu US$ 10 bi para o pré-sal

Ministério reiterou ainda informação de que os Emirados Árabes já procuraram o país com a mesma intenção

LEONARDO GOY, Agencia Estado

08 de dezembro de 2008 | 11h20

O Ministério de Minas e Energia informou nesta segunda-feira, 8, que o governo da China ofereceu empréstimo de cerca de US$ 10 bilhões à Petrobras para a futura exploração da camada do pré-sal, localizada abaixo do leito marinho. O ministério reiterou ainda informação já anunciada pelo ministro Edison Lobão de que os Emirados Árabes Unidos também já procuraram o governo brasileiro com a mesma intenção - emprestar à Petrobras para que ela invista no pré-sal. Veja também: O caminho até o pré-sal País pode ter o terceiro maior campo de petróleo do mundoComo forma de garantir que a exploração das reservas gigantes de petróleo não será ameaçada pelo enxugamento de verbas causado pela crise financeira internacional, o Ministério de Minas e Energia informou ainda que, se necessário, o governo poderá usar parte dos US$ 200 bilhões das reservas internacionais para viabilizar a produção no pré-sal.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinapetróleopré-sal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.