Governo do Paraná convoca reunião com montadoras

Por determinação do governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), o presidente do Conselho de Política Automotiva do Estado, Mário Lobo, convocou uma reunião para segunda-feira, quando serão analisadas as implicações no Estado do plano de reestruturação da Volkswagen, anunciado na semana passada. Estão sendo convocados representantes de todas as montadoras sediadas no Paraná, dos sindicatos de trabalhadores, entidades empresariais, Delegacia Regional do Trabalho e do governo estadual.Uma das fábricas da Volks fica em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, e possui cerca de 4.200 funcionários. Comenta-se que o plano pode ocasionar até 1.420 dispensas na unidade paranaense. Para a implantação da montadora em 1999, o governo concedeu alguns incentivos fiscais, entre eles o diferimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até 2015, em razão dos benefícios que a empresa poderia trazer, destacadamente a geração de empregos.O Conselho de Política Automotiva é um órgão criado pelo governo do Paraná para tratar das ações do pólo automotivo no Estado. Ultimamente o conselho vinha analisando denúncias sobre acidentes e doenças do trabalho. Na quinta-feira, Lobo tinha sido convidado pelos trabalhadores para participar de uma reunião com a direção da Volks em São José dos Pinhais, quando seriam dadas explicações sobre o plano de reestruturação. No entanto, a empresa não aceitou a participação dele e a reunião acabou sendo cancelada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.