Reuters
Reuters

Governo dos Estados Unidos apresenta nova cédula de US$ 100

Nota mantém o padrão visual da atual, mas incorpora novas tecnologias contra falsificações

Economia & Negócios,

21 de abril de 2010 | 13h34

Funcionários do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, do Fed (federal reserve, o banco central americano) e do Serviço Secreto norte-americano apresentaram nesta quarta-feira, 21, a nova cédula de US$ 100, que possui tecnologia reforçada contra falsificações. O visual, no entanto, mantém o padrão da atual.

"Essa nota incorpora a melhor tecnolocia disponível para garantir que estamos preparados contra os falsificadores", disse o secretário do Tesouro, Tim Geithner.

 

A cédula ganha tecnologias como uma fita de segurança em 3D, com imagens de sinos e do número 100, que se movimentam e alternam de uma para a outra de acordo com a inclinação do papel. Há também a imagem de um sino, que muda de cobre para verde conforme o movimento da nota.

 

A nova nota entrará em circulação em 10 de fevereiro de 2011, mas as cerca de 6,5 bilhões de notas antigas continuarão em circulação. "Os usuários do dólar americano devem saber que não terão de trocar as suas notas com design antigo quando as novas começar a circular", afirmou o presidente do Fed, Ben Bernanke.

 

(Com agências internacionais)

Tudo o que sabemos sobre:
Dólarnova cédulasegurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.