Governo encara crise nos mercados com serenidade, diz Múcio

Ministro afirma que Brasil não enfrenta problemas no atual cenário, mas admite que problema é mundial

Leonencio Nossa, de O Estado de S. Paulo,

23 de janeiro de 2008 | 15h49

Num relato sobre a reunião ministerial, o ministro de Relações Institucionais, José Múcio, disse que o governo encara com serenidade a crise no mercado americano. Ele relatou que, durante o encontro, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, avaliou que o Brasil não enfrenta problemas no atual momento e que os bancos brasileiros estão numa situação, segundo ele, consolidada. "Esse é um problema do mundo, mas o tom do governo é de serenidade", disse Múcio. "O mercado americano representa de 15% a 17% da nossa balança comercial, mas a abertura de novas fronteiras nos dá essa serenidade", completou.  Ele observou, no entanto, que o governo está atento pois os Estados Unidos são o grande comprador e parceiro do mundo. "Com o trabalho do governo nestes últimos anos, estamos serenos", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.