Governo espanhol aprova fusão da Endesa/Iberdrola

O governo da Espanha aprovou a fusão da Endesa e da Iberdrola, mas impôs condições à transação, informa a agência Dow Jones. A Comissão de Valores Mobiliários da Espanha suspendeu a negociação com as ações das duas empresas. O comunicado divulgado pela CVM não informa o motivo da suspensão, mas apenas afirma que se deve a "circunstâncias que poderiam perturbar o desenvolvimento normal" das transações com os papéis das empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.