Governo espanhol multa Iberia por suspender vôos

O ministério das obras públicas da Espanha anunciou que vai multar a Iberia S.A., a maior companhia aérea do país, em 137.030 euros (US$ 120 mil), em função da decisão da empresa de suspender os vôos marcados para o dia 13 de julho de 2001.Em comunicado, o ministério afirmou que a Iberia decidiu unilateralmente suspender os vôos estabelecidos para aquele dia, alegando que era inseguro continuar com os serviços em razão da ausência da maioria dos funcionários que trabalham nos escritórios de operações da empresa.O ministério só soube da decisão três horas e meia antes da suspensão e imediatamente solicitou uma inspeção. A conclusão da avaliação foi que as razões da suspensão não justificavam uma ação que trouxe "graves conseqüências para o tráfego aéreo espanhol e contrariou os direitos legítimos dos passageiros". Disputa - Os eventos de julho foram parte de uma disputa industrial entre a administração da Iberia e o sindicato dos pilotos, Sepla. Os pilotos da companhia aérea acusaram a empresa de romper um acordo firmado em 1995, com respeito a ajustes salariais, e exigiam 20% de aumento, dentre outros benefícios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.