Governo estende prazo de inscrição em leilão de rodovias

Processo é reaberto após governo derrubar liminar que suspendia o recebimento das propostas

Leonardo Goy e Beth Moreira, da Agência Estado,

05 de outubro de 2007 | 17h06

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou nesta sexta-feira, 5, que o prazo para a entrega das propostas pelas empresas interessadas em participar do leilão de concessão de rodovias será estendido para até a próxima segunda-feira, das 8h30 às 11 horas. O leilão continua marcado para a próxima terça-feira.   Inicialmente, os técnicos do governo haviam dito que não poderiam receber as propostas até a véspera do leilão, uma vez que precisariam de um dia útil para analisar as garantias apresentadas. A avaliação agora, entretanto, é de que eles podem fazer esse trabalho à tarde.   Por volta das 14h30 desta sexta-feira, o governo derrubou a liminar que suspendia o recebimento das propostas dos interessados. Com isso, o processo foi reaberto e nesta sexta vai até as 19 horas, continuando na segunda-feira das 8h30 às 11 horas.                                                                Grupos interessados   A disputa pela concessão dos sete lotes de rodovias federais deverá contar com mais de 10 grupos interessados, na avaliação do presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), Moacyr Sevilha Duarte. "Vai ter interessados para todos os trechos", afirmou.   O executivo avalia ainda como positiva a retomada do processo de concessão de novas rodovias à iniciativa privada. "Esperamos que o bom resultado do leilão anime outros projetos tanto federais quanto estaduais", disse.   Duarte lembra que o governo de Minas Gerais já identificou potencial para concessão ou Parceria Público Privada (PPP) para pelo menos 18 trechos de rodovias no Estado. "Também há estudos semelhantes em Goiás e Pernambuco."

Mais conteúdo sobre:
Rodoviasleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.