Governo estuda oferta de ações da Eletrobrás

O novo diretor financeiro da Eletrobrás, Astrogildo Quental, afirmou hoje que o governo estuda a possibilidade de realizar uma oferta de ações da empresa. Atualmente, 35% do capital da companhia já está em circulação no mercado. O executivo não disse de quanto poderia ser a nova colocação, nem se a operação seria primária (emissão de novas ações) ou secundária (venda de papéis em poder do governo).Segundo Quental, as diretrizes da "nova Eletrobrás" - fortalecida pela aprovação da MP 396, que autoriza a participação majoritária em consórcios com a iniciativa privada - deverão estar mais claras dentro de dois meses.O novo conselho de administração da estatal terá sua primeira reunião na quarta-feira. Na ocasião, segundo Quental, será aprovado o balanço de 2007 da companhia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.