Governo estuda projeto para empresa lançar título agrícola

O governo federal está estudando a criação de títulos comerciais que seriam colocados no mercado financeiro internacional para arrecadar recursos para a agricultura. Segundo o secretário de política agrícola do Ministério da Agricultura, Ivan Wedekin, que está em Genebra para reuniões da Organização Mundial do Comércio (OMC) Wedekin os títulos seriam privados e teriam como garantia a própria produção agrícola. Ele disse que o setor agrícola precisa de um capital de giro de R$ 80 bilhões por ano para se financiar. Wedekin afirma, no entanto, que o crédito rural à disposição hoje no País atende apenas 30% da necessidade de financiamento do setor. "O resto precisa ser financiado com juros altos", diz. Na avaliação do Ministério da Agricultura, o País poderia arrecadar até US$ 10 bilhões no futuro com esses títulos por ano.O Ministério da Agricultura também analisa a criação de fundos de investimentos no agronegócio (FIAs), que lançariam títulos no mercado interno para financiar projetos agrícolas. Segundo Wedekin, esses instrumentos se espelhariam no Fundo de Investimento Imobiliário, seriam registrados na CVM e reuniriam proprietários de terras e investidores. O Ministério da Agricultura diz que alguns dos grandes produtores de soja do País já se mostraram interessado no projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.