Governo estuda regime tributário especial para navipeças

O governo estuda adotar um regime tributário especial para o setor de peças da indústria naval, informou nesta terça-feira o coordenador geral da indústria do petróleo, gás e naval do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Carlos Macedo. A ideia é de que os fabricantes nacionais tenham benefícios em impostos como o IPI e PIS/Confins. A medida visa igualar os gastos tributários de empresários nacionais e estrangeiros. Hoje, as empresas estrangeiras só pagam o imposto de importação.

SÉRGIO TORRES, Agencia Estado

24 de abril de 2012 | 14h07

De acordo com Macedo, não há nenhuma previsão de prazo para que o regime especial seja implantado. Ele afirmou que a fase é de discussões pelos ministérios envolvidos na questão, como Desenvolvimento, Fazenda e Planejamento. O coordenador participou de um evento do setor naval,na sede da Firjan.

Tudo o que sabemos sobre:
MDICnavipeçastributação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.