Governo executa políticas econômicas responsáveis, diz Lula

Segundo presidente, grau de investimento obtido pelo País mostra compromisso do governo nesse sentido

Luciana Nunes Leal, de O Estado de S. Paulo,

13 de maio de 2008 | 15h10

Em discurso no almoço em homenagem ao primeiro ministro da Áustria, Alfred Gusenbauer, no Itamaraty, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira, 13, que a recente conquista, pelo Brasil, do grau de investimento, mostra o compromisso do governo "com políticas macroeconômicas responsáveis e com a criação de ambiente favorável ao capital estrangeiro no Brasil e no exterior". Veja também:Na elite do mercado mundial Lula citou o lançamento, na segunda, da nova política industrial, que, segundo ele, "estimulará um longo ciclo de investimentos no País, com ênfase na inovação empresarial e no crescimento das exportações". Mencionou, entre as medidas mais importantes do programa, a ampliação do crédito e a desoneração fiscal. No discurso de agradecimento a Lula, o primeiro ministro austríaco elogiou o desenvolvimento econômico do Brasil e fez referências à crise econômica internacional. "O Brasil está bem armado para enfrentar a crise", declarou. Defendeu uma ampla discussão internacional para encontrar saídas para a crise. "Não é possível especuladores tirarem lucro e os países carregarem as conseqüências negativas de um colapso", destacou. Gusenbauer propôs sanções da Organização Mundial do Comércio (OMC) "quando não forem mantidas as regras". Sugeriu, ainda, normas rigorosas "na organização mundial de finanças e comércio para que tenhamos mais paz nas relações comerciais e financeiras".

Tudo o que sabemos sobre:
LulaGrau de Investimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.