Governo faz corte no orçamento

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, propôs ontem um corte no orçamento para o próximo ano no valor de US$ 17 bilhões, em 121 programas. Ele afirmou que o país não se pode permitir "gastar como se o déficit público não importasse". A versão detalhada do orçamento mantém a quantia de US$ 250 bilhões em esforços adicionais para o resgate do sistema financeiro. "A quantia do Tarp (Programa de Recuperação de Ativos Problemáticos dos bancos) ainda está no orçamento", informou Ken Baer, secretário de Imprensa da Comissão de Orçamento da Casa Branca. "Nada mudou em relação ao Plano de Estabilização Financeira. Está lá só para o caso de o dinheiro precisar ser usado." AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.