FABIO MOTTA/ESTADÃO
FABIO MOTTA/ESTADÃO

Governo federal eleva para 8,5% taxa de retorno para próximos leilões de aeroportos

A taxa será utilizada nas concessões dos aeroportos de Florianópolis, Fortaleza, Porto Alegre e Salvador, que fazem parte do pacote de investimento em infraestrutura

REUTERS

16 de julho de 2015 | 20h01

O governo federal elevou a taxa interna de retorno para as próximas concessões de aeroportos de 6,63% para 8,5% ao ano, informou o Ministério da Fazenda nesta quinta-feira, prosseguindo com aumentos da taxa já anunciados para rodovias e portos.

A taxa, também conhecida pela sigla em inglês WACC, será utilizada nos leilões das concessões dos aeroportos de Florianópolis, Fortaleza, Porto Alegre e Salvador, integrantes do Segundo Programa de Investimentos em Logística (PIL).

"O valor não corresponde à taxa efetiva de retorno do investimento - que depende, em última instância, das características intrínsecas à concessão, ao acionista e à estrutura de capital. O resultado mais provável será uma TIR efetiva do projeto diferente do valor acima apresentado", esclareceu.

Na semana passada, o secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Dyogo Oliveira, tinha afirmado à Reuters que o governo elevaria a taxa de retorno ao investidor nas concessões de portos, aeroportos e ferrovias, afirmando que a medida reflete o aumento do custo do capital no Brasil.

(Com Agência Estado)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.