Governo ficará com 64% das ações ON da Petrobrás

A Petrobrás comunicou ontem a seus acionistas estrangeiros que o governo ficará com 64% das ações ordinárias da companhia ao final da capitalização. O montante inclui as ações da União, do BNDESPar e do Fundo Soberano do Brasil (FSB). Com relação ao capital total, a fatia do governo será de 48%, reforçou o comunicado em inglês.

, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2010 | 00h00

O consultor Adriano Pires, do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), lembrou, porém, que, somando as parcelas dos fundos de pensão Previ e Petros, a participação de instituições ligadas à União chega a 51% do capital total da companhia.

Os dois fundos pertencem aos funcionários do Banco do Brasil e da Petrobrás e têm seus gestores indicados pelo governo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.