Governo foi avisado pela Oi e pela Telefónica

Apesar das negociações diretas com os controladores, tanto a Oi quanto a Telefónica procuraram o governo antes de fechar as duas operações, antecipando o que seria anunciado. Segundo fontes do governo ouvidas pelo Estado, o presidente da Telefónica, Antonio Carlos Valente, esteve com o ministro das Comunicações, José Artur Filardi, na véspera do anúncio da compra da parte da PT na Vivo. Na sexta-feira passada, diante das declarações vindas de Portugal que confirmavam negociações com a Oi, o presidente da empresa, Luiz Eduardo Falco, ligou para Filardi dizendo que nada estava fechado ainda. Mas o executivo teria dito que os portugueses, "se quiserem vir, são bem-vindos como minoritários".

Karla Mendes, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.