Governo grego envia claro sinal sobre permanência no euro

Percepção é do presidente da Comissão Europeia, que acredita no cumprimento dos compromissos por parte da Grécia; troica retornará a Atenas para avaliar o que deve ser feito

Renan Carreira, da Agência Estado,

21 de junho de 2012 | 13h20

BRUXELAS - O novo governo da Grécia envia um claro sinal sobre a determinação do país de permanecer na zona do euro e honrar seus compromissos, disse nesta quinta-feira, 21, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso.

"Nos próximos dias, a troica - formada pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI) - vai retornar a Atenas para trocar pontos de vista com o novo governo e começar a avaliar o que foi feito e o que ainda precisa ser realizado em relação às reformas essenciais definidas pelo segundo pacote internacional de resgate à Grécia", afirmou Barroso.

O presidente da Comissão Europeia elogiou a formação do novo governo, dizendo que ele ficou tranquilo com o apoio parlamentar. "Acredito que isso envia um claro sinal da determinação da Grécia de honrar seus compromissos e permanecer no euro", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
troicaGréciazona do euro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.