JF Diório/Estadão
JF Diório/Estadão

Governo libera turistas para entrar no País com salame, queijos e doce de leite

Medida do Ministério da Agricultura permite entrada em território nacional com produtos de origem animal; limite é de 5 kg por pessoa

Victor Martins, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2016 | 14h31

BRASÍLIA - Turistas poderão, a partir de agora, entrar no Brasil com produtos de origem animal, como queijos, salames, doce de leite e manteiga. Segundo o Ministério da Agricultura, a medida cria classificação de produtos de risco insignificante.

"A medida visa atender uma demanda da sociedade, mas será limitado a cinco quilos por pessoa", afirmou a ministra Kátia Abreu. Antes, apenas os produtos processados de origem vegetal tinham autorização. Para entrar em território nacional, os produtos deverão estar acondicionados nas embalagens originais, com rótulo que permita a identificação. Os produtos que serão autorizados estão divididos em seis grupos.

O de produtos cárneos industrializados destinados a consumo humano incluem cozidos, extratos ou concentrados de carnes; o de lácteos industrializados trazem doce de leite, leite em pó, manteiga, creme de leite, queijo com maturação longa e outros; os derivados de ovo listam ovo em pó, ovo líquido pasteurizado, clara desidratada e outros; os pescados permitiram entrada de salgado inteiro ou eviscerado dessecado, defumando eviscerado e outros.

Também terão permissão os produtos de confeitaria que contenham ovos, lácteos, ou carne na composição e, por último, produtos de origem animal para ornamentação.

Mais conteúdo sobre:
TurismoBagagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.