Washington da Costa/ME
Washington da Costa/ME

Governo libera R$ 3,1 bilhões do Orçamento para ministérios

A pasta de Educação teve o maior valor liberado, de R$ 900 milhões, seguida por Infraestrutura,  R$ 700,6 milhões, e Economia, R$ 436,3 milhões

Luci Ribeiro , O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2021 | 10h56

BRASÍLIA - O Ministério da Economia informou nesta quarta-feira, 9, que liberou R$ 3,1 bilhões do orçamento de ministérios e autarquias. Na semana passada, o governo já tinha desbloqueado R$ 921,9 milhões - ou seja, com o anúncio desta quarta, já foram liberados mais de R$ 4 bilhões dos R$ 9,2 bilhões que haviam sido bloqueados em abril.

Em nota, a Economia explica que o desbloqueio foi possível por causa da redução na projeção de gastos com despesas obrigatórias, como o pagamento de aposentadores e do funcionalismo.

O Ministério da Educação teve o maior valor liberado, de R$ 900 milhões, seguido pelas pastas da Infraestrutura (R$ 700,6 milhões), Economia (R$ 436,3 milhões), Defesa (R$ 300 milhões) e Desenvolvimento Regional (R$ 200 milhões).

Com exceção da Infraestrutura, que não tem mais recursos contingenciados, as mesmas pastas lideram a lista dos maiores valores ainda a serem liberados: Educação, com R$ 1,5 bilhão bloqueado; Defesa, com R$ 928,9 milhões; Economia, com R$ 830,5 milhões; e Desenvolvimento Regional, com R$ 545,1 milhões.

Educação foi o mais afetado pelo bloqueio orçamentário anunciado pelo governo no final de abril. Nos últimos meses, várias universidades informaram que podem ficar sem recursos neste ano. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.