Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Fabio Rodrigues Pozzebom - Agência Brasil
Fabio Rodrigues Pozzebom - Agência Brasil

Governo mantém leilão de distribuidora da Eletrobrás

Governo vai manter o leilão da Cepisa em 26 de julho e licitará outras empresas da Eletrobras em 30 de agosto, disse ministro do Planejamento, Esteves Colnago

Reuters

16 de julho de 2018 | 19h58

O governo manterá o leilão da Cepisa, distribuidora de energia elétrica da Eletrobrás no Piauí, para o próximo dia 26 de julho, e prorrogará para 30 de agosto o leilão das outras cinco distribuidoras subsidiárias da estatal que seriam originalmente ofertadas no fim deste mês, disse em Madri o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, nesta segunda-feira, 16.

+ Guardia faz concessões para salvar ajuste fiscal

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, havia informado ao Estadão/Broadcast que o governo poderia fazer o leilão em duas etapas. Na primeira, em 26 de julho, seriam vendidas as distribuidoras do Piauí, Acre e Rondônia.  Na segunda, após a derrubada da liminar do STF e da aprovação do projeto de lei no Senado, seria a vez das empresas de Alagoas, Amazonas e Roraima.

+ Fazenda alerta candidatos sobre real situação fiscal

Na última sexta-feira, 13, a Advocacia-Geral da União (AGU) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) recorreram da decisão que suspendeu a licitação marcada para o dia 26 de julho. Agora o governo corre para derrubar as liminares que impedem as vendas e realizar a disputa.

“Nós tínhamos duas opções: prorrogar as seis, esperando a lei passar ou, que é o que a gente está optando, manter o leilão das Centrais Elétricas do Piauí agora no dia 26”, disse Colnago, acrescentando que “as outras cinco vão ficar para um leilão no dia 30 de agosto”.

+ Adriana Fernandes: Brasília, ilha fiscal

O novo prazo deve-se à necessidade de aguardar a aprovação no Senado de um projeto de lei visto como importante para viabilizar a venda das distribuidoras que operam na Região Norte e a uma decisão judicial específica que trava a venda da empresa que opera no Alagoas, a Ceal.

Na sexta-feira passada, a Advocacia-Geral da União e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) recorreram ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) para tentar derrubar decisão liminar da 19ª Vara Federal do Rio de Janeiro que suspendeu o leilão de venda da Amazonas Energia, Ceron, Ceal, Boa Vista Energia, Eletroacre e Cepisa. [nL1N1U91QS]

Na avaliação do ministro, que participa da conferência Infraestrutura para a Integração da América Latina na Espanha, há “vários grupos” interessados na Cepisa que, dentre as seis companhias, foi a teve “maior procura”, inclusive pelos espanhóis.

O ministro também afirmou que o governo publicará na próxima quinta ou sexta-feira sua nova grade de parâmetros econômicos para 2018. Sem detalhar números, ele afirmou que a previsão de expansão para o Produto Interno Bruto (PIB) ficará próxima à do mercado, hoje em torno de 1,5 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
Eletrobrásleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.