Governo marca leilão da BR-101 para novembro

O governo marcou para 17 de novembro o leilão da BR-101, entre Mucuri (BA) e a divisa dos Estados do Rio e do Espírito Santo. O anúncio foi feito ontem pelo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos.

KARLA MENDES / BRASÍLIA , O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2011 | 03h06

A licitação é parte da 3.ª etapa do Programa de Concessões de Rodovias Federais e prevê o leilão de 475,9 quilômetros, dos quais 458,9 quilômetros estão no trecho capixaba. A previsão de investimentos nos 25 anos de concessão é de R$ 2,14 bilhões.

Segundo Bernardo Figueiredo, diretor-geral da ANTT, a licitação prevê a duplicação de 50% do trecho até o sexto ano de concessão. Até o décimo ano, toda a rodovia deverá estar duplicada.

De acordo com o edital, a rodovia terá sete praças de pedágio, nos municípios de Pedro Canário, São Mateus/Jaguaré, Linhares/Aracruz, Serra, Vila Velha/Guarapari, Rio Novo do Sul/Cachoeiro de Itapemirim e Mimoso do Sul.

A tarifa-teto é de R$ 0,06237 por quilômetro, o que corresponde a valores de R$ 2,22 a R$ 5,18 nas praças onde está prevista a cobrança. Vencerá a concorrência o consórcio ou empresa que oferecer o menor valor da tarifa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.