Governo não aceitará inflação acima da meta, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta segunda-feira, 19, que o governo não vai tolerar inflação acima da meta. Durante evento em São Paulo, Mantega repetiu ainda que "não vamos tomar nenhuma medida de vá suscitar dúvidas na área fiscal". "Já disse e repito que nunca adotamos medidas fiscais de firam a legislação". Segundo o ministro, o governo vem praticando uma política fiscal que mantém a dívida líquida em 35% do Produto Interno Bruto (PIB) e a dívida bruta estável. Ainda de acordo com Mantega, no segundo trimestre deste ano, o PIB brasileiro provavelmente será maior que no primeiro trimestre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.