Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Governo não deve privatizar Infraero, mas abrirá capital

O governo não tomou uma decisão de privatizar a Infraero, segundo fontes. De acordo com essas fontes, os estudos que vêm sendo realizados no governo prevêem a reestruturação da empresa e, posteriormente, a abertura de capital à iniciativa privada até o limite de 49%. A privatização da empresa não está nos planos do governo até mesmo por questões de segurança nacional, explicou uma fonte.Os estudos para a abertura de capital estão avançados na equipe econômica. Uma das idéias prevê colocar a Infraero no chamado Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo, que tem regras mais rígidas para as empresas nos quesitos de transparência e gestão. Uma das exigências para se fazer parte do Novo Mercado é a colocação de ao menos 25% das ações para negociação no pregão da bolsa.

ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2008 | 13h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.