Governo não permitirá plantio de soja transgênica este ano

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, disse hoje, na abertura do seminário "Transgênicos e a Sociedade Brasileira", que se realiza no Ministério do Planejamento, que o governo não permitirá o plantio de soja transgênica este ano. "A lei será cumprida, essa é a determinação do presidente da República", afirmou Dirceu, no evento promovido pelo IPEA. Segundo ele, a medida provisória que autorizou a comercialização da safra transgênica 2002/2003 de soja gaúcha foi elaborada com a participação de todos os setores envolvidos e previa a comercialização daquela safra, para evitar uma perda que poderia chegar a R$ 10 bilhões, porém a proibição de futuro plantio. "Todos os setores concordaram com a medida provisória e sabiam que iria ser cumprida, porque é a lei", observou Dirceu.Ele disse ainda que o assunto está sendo discutido com os produtores pelo ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. "O governo, como é da nossa natureza, em primeiro lugar dialoga e, em segundo lugar, faz cumprir a lei, não duvidem disso", afirmou. Dirceu informou que, no encontro de sexta-feira passada entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente dos Estados Unidos, George Bush, este expressou sua opinião a favor dos transgênicos e Lula, a posição brasileira, que é a de discutir o assunto com a sociedade. Dirceu disse que é necessário o Congresso tomar uma decisão sobre o assunto até o fim deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.