Governo negocia mecanismo para proteção dos investidores em PPP

O chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento, Demian Fiocca, informou que o governo discute com organismos multilaterais, como Bird e BID, a adoção de um mecanismo cambial para o pagamento dos financiamentos para as Parcerias Públicos Privadas (PPP), que dê algum tipo de proteção aos investidores contra a volatilidade. A informação foi confirmada pelo secretário do Tesouro Nacional, Joaquim Levy, que disse que várias conversas estão em andamento com esses organismos.Fiocca disse ainda que a idéia poderá ser debatida com bancos estrangeiros privados. Segundo ele, o investidor poderia acelerar o pagamento dos juros devidos nos financiamentos quando houvesse apreciação do real. E, em contrapartida, poderia postergar o pagamento desses juros se ocorresse a desvaloriação da moeda. A informação do chefe da assessoria do Planejamento foi dada em resposta a uma pergunta de um empresário sobre a possibilidade de criação de "uma saída mais radical" que protegesse o investidor externo da volatilidade cambial brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.