Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Governo pode adiar leilão da BR-101

O ministro dos Transportes, César Borges, não descartou a possibilidade de adiar o leilão do trecho baiano da BR-101, que está marcado para 23 de outubro deste ano. "Não descarto nenhuma possibilidade neste momento. Vamos sentar e avaliar", disse, na saída da sede da BM&FBovespa, onde ocorreu a disputa pela BR-050.

FERNANDA GUIMARÃES E WLADIMIR D'ANDRADE, Agencia Estado

18 de setembro de 2013 | 12h40

A concessão da BR-050 foi adquirida nesta quarta-feira, 18, pelo Consórcio Planalto com deságio de 42,38%, patamar próximo ao verificado no deságio do leilão anterior, de janeiro de 2012, quando o trecho da BR-101 que passa por Espírito Santo e Bahia foi abocanhado com um deságio de 45,63%.

A afirmação do ministro sobre um possível adiamento da disputa pelo trecho baiano da BR-101 ficou em linha com o que disse, momentos antes, o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo. O dirigente afirmou que a BR-101 tem "elementos parecidos com a BR-262", rodovia cujo leilão também estava marcado para hoje mas não recebeu nenhuma proposta.

Entre as semelhanças, citou Figueiredo, estão valores considerados altos de pedágio e grande volume de obras a serem realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O adiamento ou não, disse o presidente da EPL, vai depender das próximas conversas com investidores.

Tudo o que sabemos sobre:
concessõesrodoviasBR-101

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.