Governo pode editar MP sobre falências, diz deputado

O governo está insatisfeito com as negociações do projeto que altera a lei de falências e já pensa na possibilidade de editar uma medida provisória sobre o assunto. A afirmação é do relator do projeto na Câmara, deputado Osvaldo Biolchi (PMDB-RS), que diz ter ouvido isso do ministro da Fazenda, Antônio Palocci, durante reunião realizada ontem à tarde sobre o assunto no Ministério. "Mas vamos chegar a um acordo na reunião do próximo sábado e poderemos votar na próxima terça-feira, se houver quórum", ressalvou Biolchi à Agência Estado. A nova rodada de negociações, informa, é para superar o impasse com o governo. Palocci marcou uma reunião com o secretário de Política Econômica, Marcos Lisboa, e Biolchi. Embora tenha sido aprovado ontem à tarde um requerimento para que o projeto seja votado no plenário da Câmara em regime de urgência, o governo está insatisfeito com o texto do relator e está pressionando por alterações. Uma outra hipótese aventada pelo governo é a de apresentar uma emenda g lobal substitutiva - na prática, um outro projeto completo para a lei de falências - que poderia ser votada depois de rejeitado o texto de Biolchi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.