bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Governo pode mudar tributos para setor automotivo

O governo está estudando um conjunto de medidas para ampliar a demanda por veículos tanto no mercado interno quanto no externo. Segundo o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sergio Amaral, estuda-se, internamente, uma forma de melhor organizar o sistema tributário do setor automotivo e, externamente, buscar a abertura de novos mercados para os veículos produzidos no País.O ministro disse que na reunião que teve no início da tarde com o presidente da Ford, Antonio Maciel Neto, foram discutidos os investimentos feitos pela empresa nos últimos anos e questões como acordos automotivos que o País participa. O presidente de operações da empresa na América Latina, Richard Carrey, e o diretor de assuntos corporativos, Rogelio Golfarb também estavam presentes.Após o encontro, o presidente Maciel disse que os investimentos de 1999 a 2003, na Bahia, atingem US$ 1,2 bilhão e, em Taubaté (SP), US$ 150 milhões. Ele informou também que as exportações da Ford cresceram 47% no período 2001/2002, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo Maciel, de janeiro a maio deste ano, as vendas externas foram 9% superiores às realizadas nos mesmos meses de 2001, consquistando o terceiro lugar em exportações, atrás da GM e da Volkswagen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.