Governo pretende leiloar BRs na Bahia até julho

O governo pretende realizar até o dia 31 de julho deste ano o leilão de concessão de um trecho de 637 quilômetros das rodovias BR-116 e BR-324 no Estado da Bahia. Inicialmente, o governo pretendia realizar esse leilão até o fim do ano passado e, depois, chegou a anunciar que poderia fazê-lo no começo de 2008. Agora, o documento do balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) dá um prazo mais amplo para a realização do leilão: até o fim de julho. O governo estima que a empresa que arrematar a concessão investirá cerca de R$ 2 bilhões nos 637 quilômetros das duas rodovias. O cronograma completo prevê a aprovação da concessão pelo Conselho Nacional de Desestatização (CND), a realização de audiências públicas até o fim de fevereiro, a aprovação pelo Tribunal de Contas da União (TCU) até 9 de maio e a publicação do edital até 30 de maio de 2008. O documento do PAC, divulgado hoje, prevê também a realização em novembro deste ano de mais um leilão de concessão de rodovias, envolvendo cinco trechos de estradas federais que somam 2.066 quilômetros. Entre os trechos estão a BR-040 de Brasília até o entroncamento com a BR-135 em Minas Gerais e a BR-116 em Minas a partir da divisa com a Bahia e até a divisa de Minas com o Rio de Janeiro. Um outro leilão está previsto para abril do próximo ano, com mais cinco trechos, que somam 1.993 quilômetros. Entre eles, estão a BR-060 de Brasília até o entroncamento com a BR-153, a BR-101 da divisa do Rio de Janeiro com Espírito Santo até a divisa do Espírito Santo com a Bahia, e a mesma BR-101 da divisa do Espírito Santo com a Bahia até o entroncamento com a BR-324. Outro trecho previsto é na BR-470, em Santa Catarina, de Navegantes até a divisa de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.