finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Governo promete investir R$ 1,8 trilhão até 2007

O Plano Plurianual de Investimentos (PPA) para o período de 2004 a 2007 prevê R$ 1,85 trilhão em investimentos. De acordo com o documento divulgado hoje pelo Ministério do Planejamento, 73,63% destes recursos, o que corresponde a R$ 1,367 trilhão, serão públicos. Para os programas sociais, o governo prevê R$ 1,014 trilhão. O ministro do Planejamento, Guido Mantega, garante que o plano é "realista, executável e foi feito com o pé no chão".O PPA foi elaborado considerando que o PIB crescerá 3,5% em 2004, passando para 5% em 2007. No acumulado nos próximos 4 anos, a taxa de crescimento do PIB deverá ser de 18,1%. Sobre a inflação, a expectativa é de que o IPCA acumule em 2003 9,1%, sendo reduzido até atingir 4% em 2007.Mantega acredita que o plano trará um grande índice de desenvolvimento social. "O PPA inaugura a retomada do planejamento para implementar o desenvolvimento". Ele disse que o PPA foi realizado com a participação da sociedade, por meio dos fóruns regionais. "Não é um plano só do governo. Reflete interesses da sociedade brasileira". O ministro disse que o governo prevê, até 2006, eliminar o analfabetismo e atender, através do Fome Zero, 11,4 milhões de famílias. O PPA também promete revitalizar o rio São Francisco, beneficiando 11 Estados. Na área energética, o PPA fala em interligar o Norte ao Sul e o Leste ao Oeste do Brasil. O governo pretende também alterar a matriz de transporte, dando maior peso aos setores ferroviário e hidroviário, além de recuperar as rodovias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.