Governo prorroga redução de IPI de linha branca e móveis

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou na noite desta sexta-feira a prorrogação da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os setores de linha branca e móveis. Para o segmento de móveis a redução vai se estender por mais três meses. O ministro disse ainda que neste segmento ele vai tentar incluir ainda painéis de madeira, cuja a alíquota do IPI cairá de 5% para zero.

FRANCISCO CARLOS DE ASSIS E BIANCA RIBEIRO, Agencia Estado

29 de junho de 2012 | 18h36

Para o segmento de linha branca, a prorrogação vai se estender por mais dois meses. Os refrigeradores continuam com redução de 15% para 5%; fogões, de 4% para zero; máquinas de lavar, de 20% para 10% e tanquinhos, de 10% para zero.

Tudo o que sabemos sobre:
MantegaIPIlinha brancamóveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.