Governo quer cortar custo em movimentação de contêiner

Até o final de 2010, o governo federal quer reduzir os custos da movimentação de contêineres nos portos brasileiros. A meta é reduzir os custos para o nível europeu, que é de US$ 220 por contêiner. Hoje, o custo de movimentação nos portos brasileiros é de US$ 280 por contêiner, comentou hoje o secretário especial de Portos, ministro Pedro Brito. Um levantamento feito pela secretaria mostra que os custos são mais baixos nos portos asiáticos, US$ 150 por contêiner. Nos Estados Unidos, que são grandes importadores, o custo é de US$ 350 por contêiner.O levantamento mostrou que o item que mais pesa no custo de movimentação no Brasil é a "praticagem", ou seja, a remuneração do profissional que é responsável por atracar o navio nos portos. Em Santos, esse item representa 42% da planilha de custo e no Pará, mais de 50%. O ministro explicou que esse serviço é prestado por funcionários ligados a cooperativas e que a idéia é criar um centro para treinamento na secretaria. Ele acredita que o saneamento das Companhias Docas, que o governo pretende realizar no ano que vem, também vai ajudar na redução dos custos portuários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.