Governo reduz para 10% cálculo do IR para caminhoneiros

O governo reduziu, por meio da Medida Provisória 582, a cobrança de Imposto de Renda (IR) para os caminhoneiros autônomos. O subsecretário de Tributação da Receita, Sandro Serpa, explicou nesta sexta-feira que a base de cálculo foi reduzida de 40% para 10% do rendimento bruto do caminhoneiro decorrente do transporte de carga.

RENATA VERÍSSIMO E CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

21 de setembro de 2012 | 18h05

"É uma política de incentivo do governo para a pessoa física que executa transporte de carga. Aumenta a renda e barateia o custo o que acaba refletindo indiretamente no preço do frete", disse Serpa. "É uma medida de impacto de larga escala porque a nossa matriz de transporte é muito voltada para o transporte rodoviário", completou.

A renúncia fiscal estimada é de R$ 1,210 bilhão em 2013 e de R$ 1,340 bilhão em 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
IRcaminhoneirosredução

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.