Governo retoma debates sobre Belo Monte

A Eletronorte realiza hoje um seminário sobre a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, projeto de US$ 3,7 bilhões concebido há mais de 20 anos e que passou por diversas alterações. Essas mudanças serão explicadas pelo presidente da empresa, José Antônio Muniz Lopes, durante palestra a um grupo de 150 executivos, incluindo potenciais investidores, hoje pela manhã no auditório do Grupo Estado. O evento será aberto pelo ministro das Minas e Energia, José Jorge. O presidente da Eletronorte apresentará detalhes do estudo de viabilidade econômica do projeto que terá capacidade para a produção de 11.182 megawatts (MW) - potência instalada inferior apenas à produzida pela hidrelétrica de Itaipu. Entre as mudanças previstas, está a redução do tamanho do reservatório para praticamente um terço do previsto no projeto original, permitindo menor impacto ambiental.Além das alterações físicas, a Eletronorte decidiu também acoplar a construção de uma termelétrica ao projeto e dividir os investimentos exigidos em geração e distribuição, pulverizando o valor necessário para o investimento entre investidores. (Leia mais)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.