Governo suspende empréstimo consignado a aposentado

O governo suspendeu no último dia 2 as operações de crédito consignado a aposentados e pensionistas. A suspensão será mantida até que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) consolide todas as mudanças nas regras das operações. As informações são da Agência Brasil.Em dezembro, o INSS ampliou o prazo máximo de pagamento dos empréstimos com desconto em folha de pagamento de 36 para 60 meses. De acordo com a assessoria do Ministério da Previdência Social, o INSS deve agora mudar o valor da prestação.Atualmente, os aposentados e pensionistas podem comprometer até 30% do total do benefício no pagamento dos empréstimos, e o INSS deverá reduzir esse limite para 20%, de acordo com a Agência Brasil.Os empréstimos ficarão suspensos até que o novo porcentual seja publicado, o que deve ocorrer ainda neste mês. A mudança no prazo foi estabelecida na Instrução Normativa Nº 24, publicada no dia 20 de dezembro no Diário Oficial da União. A taxa de juros aplicada às operações de empréstimos consignados para aposentados e pensionistas é de até 2,64% ao mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.