Governo tenta no STJ suspender contratos da Odebrecht

Medida pretende suspender contratos de exclusividade da empresa com fornecedores de equipamentos

Leonardo Goy, da Agência Estado,

19 de outubro de 2007 | 16h28

A Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça recorreu à presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar suspender os contratos de exclusividade da Odebrecht com fornecedores de equipamentos nos leilões das usinas hidrelétricas do Rio Madeira. A disputa entre a SDE e Odebrecht já se arrasta há algumas semanas.A última decisão da Justiça, favorável à Odebrecht, foi dada pelo Tribunal Regional Federal de Brasília. O recurso da SDE foi entregue ao presidente do STJ, ministro Raphael de Barros Monteiro Filho. Fontes que acompanham a discussão informaram que o ministro de Minas e Energia, Nelson Hubner, esteve ontem no STJ acompanhando a equipe da advocacia Geral da União que representa a SDE no caso, de forma a pressionar a derrubada dos contratos de exclusividade.

Tudo o que sabemos sobre:
OdebrechtSTJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.